Posts filed under ‘Anjos e Arcanjos’

São Francisco de Assis, rogai por nós!

Anúncios

4 de outubro de 2019 at 5:58 Deixe um comentário

Angelo di Dio – para os irmãos de língua italiana

Ao Anjo da Guarda

(© Biblioteca Apostolica Vaticana)

Angelo di Dio

Angelo di Dio,
che sei il mio custode
illumina, custodisci,
reggi e governa me
che ti fui affidato
dalla pietà celeste.

Amen.

2 de outubro de 2019 at 5:40 Deixe um comentário

Frases sobre os Anjos

1-A Palavra: “Este nos referiu então como em casa tinha visto um anjo diante de si, que lhe dissera: Envia alguém a Jope e chama Simão, que tem por sobrenome Pedro. (Atos dos Apóstolos 11, 13)”

2-Papa Francisco: “A presença do Anjo da Guarda na nossa vida não é somente para nos ajudar no caminho, mas para nos fazer ver aonde devemos chegar”.

3-Santo Hilário: “Os puros espíritos foram enviados para o resgate da raça humana. Na verdade, pela nossa fraqueza, se os Anjos não viessem em nosso socorro, não poderíamos resistir aos ataques dos espíritos malignos”.

4-A Palavra: “O anjo do Senhor, porém, gritou-lhe do céu: “Abraão! Abraão!”. “Eis-me aqui!” (Gênesis 22, 11)” 

5-Catecismo da Igreja Católica (§ 328-332): “A existência dos seres espirituais, não corporais, a que Sagrada Escritura chama habitualmente anjos, é uma verdade de fé. O testemunho da Escritura a este respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição”.

6-Santo Ambrósio: “Como podem os anjos estar longe, quando nos foram dados por Deus para nos ajudar? Eles não se apartam de nós, embora aquele que é assaltado pelas tentações pense que estão longe”.

7-A Palavra: “O anjo de Deus, que marchava à frente do exército dos israelitas, mudou de lugar e passou para trás; a coluna de nuvens que os precedia pôs-se detrás deles, (Êxodo 14, 19)”

 8-Papa Francisco: “São Miguel, ajude-nos a lutar pela nossa salvação. São Gabriel, traga-nos a boa nova que dá esperança. São Rafael, proteja-nos em nosso caminho”.

9-São João Maria Vianney: “Se você está impossibilitado de orar, enconda-se atrás de seu bom anjo e encarregue-o de rezar no seu lugar”.

10-A Palavra: “Fui eu, João, que vi e ouvi estas coisas. Depois de as ter ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que as mostrava. (Apocalipse 22, 8)” 

11-Santo Hilário: “Os Anjos nos ajudam em nossa luta para nos mantermos fortes contra os poderes do mal”.

12-A Palavra: “Entrando, o anjo disse-lhe: “Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo”. (São Lucas 1, 28)”
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 de outubro de 2019 at 5:48 Deixe um comentário

Santos Arcanjos, rogai por nós!

Resultado de imagem para santos arcanjos
Santos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael
  • São Miguel. O nome do Arcanjo Miguel possui um revelador significado em hebraico: “Quem como Deus”. …
  • São Gabriel. O nome deste Arcanjo, citado duas vezes nas profecias de Daniel, significa “Força de Deus” ou “Deus é a minha proteção”. …
  • São Rafael. Um dos sete espíritos que assistem ao Trono de Deus.

29 de setembro de 2019 at 14:46 Deixe um comentário

Anjos da Guarda, “companheiros de caminhada”

2018.09.28 Arcangeli Michele CastelliSão Miguel Arcanjo

A Igreja Católica, nesta terça-feira 2 de outubro, celebra a memória dos nossos protetores, os Anjos da Guarda, data fixada em 1672 pelo Papa Clemente X. Papa Francisco definiu-os como “companheiros de caminhada” que nos defendem do maligno

Cidade do Vaticano

Neste terça-feira, 2 de outubro, a Igreja celebra a memória dos Santos Anjos da Guarda, “aos quais Deus confia na Sua Providência as realidades criadas por Ele” – explica padre Salvatore Vitiello professor de Teologia – para que sejam guardadas e protegidas.

Os anjos nos apresentam valores sobrenaturais

Com o Sacrifício da Cruz, realizou-se a unidade entre todas as criaturas espirituais e materiais. Em virtude dessa unidade profunda do mundo em Jesus Cristo, os espíritos superiores, que são os Anjos, estão presentes na vida do homem, auxiliam-no, guardam-no e protegem-no. Segundo o teólogo belga Gustave Thils: “Para nós, é impossível descobrir, com os sentidos, a sua ação e descrever a natureza da sua ajuda. Os anjos podem agir na nossa maneira de julgar, intervir nas nossas decisões, apresentar-nos valores sobrenaturais.

Tradição ou dogma?

O Antigo e Novo Testamento, os Padres da Igreja assim como os Santos, sempre afirmaram a existência dos Anjos. Padre Vitiello observa: “Devemos distinguir dois planos sobre a existência dos Anjos que pertencem ao depósito da fé: no Credo nós dizemos que Deus é criador de todas as coisas visíveis e invisíveis e os Anjos fazem parte da criação das realidades invisíveis. Este dado – sublinha – é comprovado tanto pelo Credo Niceno-constantinopolitano, como no Credo do Povo de Deus” pronunciado solenemente por Paulo VI em 30 de junho de 1968:

“ Cremos em um só Deus ― Pai, Filho e Espírito Santo ― Criador das coisas visíveis ― como este mundo, onde se desenrola nossa vida passageira ―, Criador das coisas invisíveis ― como são os puros espíritos, que também chamamos anjos… ”

A existência dos Anjos da Guarda pertencem à tradição eclesial “os anjos tem a tarefa de cuidar do mundo, das realidades criadas materiais, das cidades ou das profissões, por exemplo. Em síntese, a existência dos Anjos como esta função específica, é um dado da tradição teológica”, conclui padre Vitiello.

“ Peçamos ao Senhor a graça dessa docilidade, para ouvir a voz deste amigo, deste embaixador de Deus que está ao nosso lado em Seu nome, para que sejamos amparados pela sua ajuda – Papa Francisco ”

Todos nós temos um anjo

“ Há o Espírito Santo, o anjo, que me aconselha. Esta não é a doutrina dos anjos um pouco fantasiosa: não, trata-se da realidade. É o que Jesus, o que Deus disse: ‘Enviarei um anjo para estar ao seu lado, para guardar-te, acompanhar-te no caminho para que não erres’ – Papa Francisco ”

4 de outubro de 2018 at 5:34 Deixe um comentário

Papa: Anjos da Guarda são nossa porta à transcendência

Papa celebra a missa na capela da Casa Santa MartaPapa celebra a missa na capela da Casa Santa Marta  (Vatican Media)

O Papa Francisco dedicou sua homilia da Missa deste dia 2 de outubro aos Santos Anjos da Guarda, que a liturgia celebra hoje.

Gabriella Ceraso – Cidade do Vaticano

“Vou enviar um anjo que vá à tua frente, que te guarde pelo caminho e te conduza ao lugar que te preparei”. São essas palavras da Primeira Leitura, extraída do capítulo 23 do Livro do Êxodo, que guiaram a reflexão do Papa na homilia da Missa celebrada na Casa Santa Marta, no dia em que a Igreja festeja os Santos Anjos da Guarda. São precisamente eles – disse Francisco – “a ajuda muito especial” que o “Senhor promete ao seu povo e a nós que caminhamos na estrada da vida”.

O Anjo, bússola que nos ajuda a caminhar

A vida, disse ainda o Papa, é o caminho no qual devemos ser auxiliados por “companheiros”, por “protetores”, por uma “bússola humana ou uma bússola que se parece com um humano” e nos ajuda a olhar para a direção que devemos ir. Francisco cita três possíveis perigos que podem encontrar no decorrer da vida:

Existe o perigo de não caminhar. E quantas pessoas se estabelecem e não caminham, e toda a vida ficam paradas, sem se mover, sem fazer nada… É um perigo. Como aquele homem do Evangelho que tinha medo de investir o talento. O enterrou e pensou: “Eu estou em paz, estou tranquilo. Não poderei cometer um erro. Assim não arrisco”. E muitas pessoas não sabem como caminhar ou têm medo de arriscar e param. Mas nós sabemos que a regra é que quem fica parado na vida, acaba por se corromper. Como a água: quando a água está ali parada, chegam os mosquitos, depositam ovos e tudo se corrompe. Tudo. O Anjo nos ajuda, nos leva a caminhar.

O perigo de errar o caminho ou girar num labirinto

Mas há outras duas insídias no caminho da nossa vida, prosseguiu o Papa: o “perigo de errar o caminho”, que somente “no início é fácil de corrigir”; e o perigo de deixar o caminho para se perder numa praça, indo “de um lado e do outro como num labirinto” que aprisiona e “jamais o leva até o fim”. Eis que o “Anjo”, reiterou Francisco, “existe para nos ajudar a não errar o caminho e a caminhar nele”, mas é necessária a nossa oração, o nosso pedido de ajuda:

E o Senhor diz: “Tenha respeito por sua presença”. O Anjo é crível, tem autoridade para nos guiar. Ouça a sua voz e não se revolte contra ele.” Ouça as inspirações que são sempre do Espírito Santo, mas é o Anjo a inspirá-las. Eu gostaria de fazer a todos uma pergunta: vocês conversam com o seu Anjo? Vocês conhecem o nome dele? Vocês ouvem o seu Anjo? Vocês se deixam levar pela mão na estrada ou impulsionar para se mover?

O Anjo nos mostra o caminho para chegar ao Pai

“A presença e o papel dos Anjos em nossa vida é ainda mais importante, porque eles não somente nos ajudam a caminhar bem, mas nos mostram também onde devemos chegar”, ressaltou ainda Francisco. Hoje, o Evangelho de Mateus nos diz: “Não desprezeis nenhum desses pequeninos”, diz o Senhor, “pois os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus”. No “mistério da custódia do Anjo” existe também a “contemplação de Deus Pai”, que o Senhor deve nos dar a graça de compreender. E o Papa concluiu:

“O nosso Anjo não somente está conosco, mas vê Deus Pai. Está em relação com Ele. É a ponte cotidiana, desde a hora em que nos levantamos até o hora em que vamos dormir. Ele nos acompanha. É uma ligação entre nós e Deus Pai. O Anjo é a porta cotidiana para a transcendência, para o encontro com o Pai: ou seja, o Anjo nos ajuda a caminhar porque olha o Pai e conhece a estrada. Não nos esqueçamos desses companheiros de caminhada”.

3 de outubro de 2018 at 5:58 Deixe um comentário

Santos Anjos da Guarda

Encontramos testemunhos que nos motivam a confiarmos nos Santos Anjos

Neste dia em que fazemos memória do nosso protetor, a Igreja termina assim o hino e oração da manhã: “Salvai por vosso filho a nós, no amor; ungidos sejamos pelos anjos; por Deus trino, protegidos!”

A palavra anjo significa, “enviado, mensageiro divino”, muitas vezes encontramos as manifestações dos anjos como missionários de Deus, e por isso, com clareza lemos no salmo 91: “Pois Ele encarregará seus anjos de guardar-te em todos os teus caminhos”.

Quando nos deparamos com a Anunciação e outros Mistérios da vida de Jesus, conseguimos perceber que este salmo profetiza a presença dos anjos na vida do Senhor. Ora, Cristo é o primogênito de todas as criaturas, nosso irmão e modelo. Se portanto sua humanidade, apesar de unida com a Divindade, era continuamente protegida por anjos, logo quanto mais devemos ser nós, seus membros tão frágeis. Tanto o Pai quer isto que revelou a Jesus: “Guardai-vos de desprezar algum desses pequeninos, pois eu vos digo, nos céus os seus anjos se mantêm sem cessar na presença do meu Pai que está nos céus.” (Mt 18,10)

Nos Atos dos Apóstolos e nos escritos de São Bernardo, Santo Tomás de Aquino e outros Doutores da Igreja, encontramos testemunhos que nos motivam a confiarmos nos Santos Anjos protetores de cada um, pois atesta a Sagrada Escritura: “Não são todos (os anjos) eles espíritos cumpridores de funções e enviados a serviço, em proveito daqueles que devem receber a salvação como herança?” (Hb 1,14)

Na Inglaterra desde o ano 800 acontecia uma festa dedicada aos Anjos da Guarda e a partir do ano 1111 surgiu uma linda oração (apresentada a seguir). Da Inglaterra esta festa se estendeu de maneira universal depois do ano 1608 por iniciativa do Sumo Pontífice da época. Aprendamos e rezemos esta quase milenar prece: “Anjo do Senhor – que por ordem da piedosa providência Divina, sois meu guardião – guardai-me neste dia (tarde ou noite); iluminai meu entendimento; dirigi meus afetos; governai meus sentimentos para que eu jamais ofenda ao Deus e Senhor. Amém.”

Santos Anjos da Guarda, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova

2 de outubro de 2018 at 5:35 Deixe um comentário

Posts antigos


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 314 outros seguidores

Categorias