Primeiro Domingo do Advento – O Filho do Homem Virá – São Mateus 24, 37-44 – Dia 1º de dezembro de 2019

25 de novembro de 2019 at 5:50 Deixe um comentário

Resultado de imagem para imagem do primeiro domingo do advento

“37.Assim como foi nos tempos de Noé, assim acontecerá na vinda do Filho do Homem. 38.Nos dias que precederam o dilúvio, comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. 39.E os homens de nada sabiam, até o momento em que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim será também na volta do Filho do Homem. 40.Dois homens estarão no campo: um será tomado, o outro será deixado. 41.Duas mulheres estarão moendo no mesmo moinho: uma será tomada e a outra será deixada. 42.Vigiai, pois, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor. 43.Sabei que se o pai de família soubesse em que hora da noite viria o ladrão, vigiaria e não deixaria arrombar a sua casa. 44.Por isso, estai também vós preparados porque o Filho do Homem virá numa hora em que menos pensardes.””
Fonte – Bíblia Católica Online

“Atendendo o convite do salmista, queremos celebrar o início do novo ano litúrgico na esperança da alegria e da paz. Advento é tempo de preparação para o Natal, no qual vamos festejar a encarnação daquele que nos traz a salvação. Deixemo-nos guiar pela luz do Senhor, para acolher os sinais do seu reino entre nós”. (Liturgia Diária)

O Padre Fábio Siqueira ensinou: “Começamos hoje, com o primeiro domingo do tempo do Advento, um novo ano litúrgico, que é sempre como uma nova passagem de Deus por nossas vidas, dando-nos a chance de mais uma vez retornarmos à fonte da nossa fé, a fim de que possamos progredir na vida espiritual”.

O Padre Paulo Bazaglia explicou:  “As portas do Advento este ano se abrem com um texto de Mateus, o evangelho da justiça do Reino.  Como nos tempos de Noé, em que ninguém se dava conta da falta de justiça, também nós somos alertados. Não mais por causa de um dilúvio, mas porque o próprio Jesus vem, e com Ele se inicia uma nova história. Ele vem quando menos esperamos, e ainda há tempo a fazer para que a justiça de Deus seja realidade em nosso mundo. Daí o convite a vigiar, a estar preparados”.

“Jesus retoma uma imagem bastante conhecida – o dilúvio ocorrido no tempo de Noé – e faz um paralelo entre esse acontecimento e sua segunda vinda. A mensagem do Mestre é um alerta para que não sejamos surpreendidos como os contemporâneos de Noé, pois, afinal, o Filho do homem chegará quando menos o esperarmos”. (Liturgia Diária)

O Papa Francisco disse assim: “O Advento é o tempo da presença e da espera eterna. Precisamente por esta razão é, de modo particular, o tempo da alegria, de um júbilo interiorizado, que nenhum sofrimento pode anular. A alegria pelo fato de que Deus se fez Menino. Esta alegria, invisivelmente presente em nós, encoraja-nos a caminhar com confiança. Modelo e ajuda deste íntimo júbilo é a Virgem Maria, por meio da qual nos foi oferecido o Menino Jesus. Que Ela, discípula fiel do seu Filho, nos conceda a graça de viver este tempo litúrgico vigilantes e diligentes na esperança”.

Conclusão:

“Este tempo do Advento representa as duas vindas do Senhor; em primeiro lugar, a dulcíssima vinda do «mais belo dos filhos dos homens» (Sl 45,3), do «Desejado de todos os povos» (Ag 2,8 [Vulgata]), do Filho de Deus que manifestou visivelmente ao mundo, na carne, a sua presença há muito esperada e desejada ardentemente por todos os Patriarcas — a vinda que O trouxe a este mundo para salvar os pecadores. Mas este tempo relembra-nos também a vinda que aguardamos com uma esperança firme e da qual devemos todos os dias recordar-nos com lágrimas: aquela que terá lugar quando o próprio Senhor Se manifestar na sua glória, ou seja, no dia do Juízo, quando Ele Se manifestar para julgar”. (Santo Aelredo de Rievaulx)

Oração: (Prefácio do Advento)

PR: Na verdade, é justo é necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso.
Revestido de nossa fragilidade, ele veio a primeira vez para realizar seu eterno plano de amor e abri-nos o caminho da salvação.
Revestido de sua glória, ele virá uma segunda vez para conceder-nos em plenitude os bens prometidos que hoje, vigilantes, esperamos.
Por esta razão, agora e sempre, nós nos unimos aos anjos e todos os santos, cantando (dizendo) a uma só voz: Santo, Santo, Santo…

Jane Amábile – Com. Divino Espírito Santo

 

 

 

Entry filed under: Reflexão da Palavra. Tags: .

Papa Francisco no Twitter Exclusive Video Vatican Media highlights – Pope Francis’ Apostolic Journey to Japan 2019.11.25

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Arquivos

ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se aos outros seguidores de 373

Categorias


%d blogueiros gostam disto: