Trigésimo Terceiro Domingo do Tempo Comum – É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida – São Lucas 21, 5-19 – Dia 17 de novembro de 2019

11 de novembro de 2019 at 5:39 Deixe um comentário

Resultado de imagem para jesus ensinando - imagem em site católico

“5.Como lhe chamassem a atenção para a construção do templo feito de belas pedras e recamado de ricos donativos, Jesus disse: 6.“Dias virão em que destas coisas que vedes não ficará pedra sobre pedra: tudo será destruído”. 7.Então, o interrogaram: “Mestre, quando acontecerá isso? E que sinal haverá para saber-se que isso se vai cumprir?”. 8.Jesus respondeu: “Vede que não sejais enganados. Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e ainda: O tempo está próximo. Não sigais após eles. 9.Quando ouvirdes falar de guerras e de tumultos, não vos assusteis; porque é necessário que isso aconteça primeiro, mas não virá logo o fim”. 10.Disse-lhes também: “Irão levantar-se nação contra nação e rei­no contra reino. 11.Haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu. 12.Mas, antes de tudo isso, vos lançarão as mãos e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença dos reis e dos governadores, por causa de mim. 13.Isso vos acontecerá para que vos sirva de testemunho. 14.Gravai bem no vosso espírito: não prepareis vossa defesa, 15.porque eu vos darei uma palavra cheia de sabedoria, à qual não poderão resistir nem contradizer os vossos adversários. 16.Sereis entregues até por vossos pais, vossos irmãos, vossos parentes e vossos amigos, e matarão muitos de vós. 17.Sereis odiados por todos por causa do meu nome. 18.Entretanto, não se perderá um só cabelo de vossa cabeça. 19.É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação.* ”
Fonte – Bíblia Católica Online

“Somos convidados pelo Senhor a permanecer firmes na fé em meio aos desafios que nos rodeiam. Prevenidos contra as propostas que disseminam o medo e os enganos, trabalhemos com confiança pela justiça e pela paz num mundo imerso em conflitos e intolerância. Este dia mundial dos pobres nos lembra que a esperança dos pobres jamais se frustará e também nos motiva a ser servidores da vida e da felicidade sem fim”. (Liturgia Diária)

O Papa Francisco disse assim: “Com firmeza, Jesus convida a não temer perante os cataclismos de cada época, nem mesmo frente às provas mais graves e injustas que acontecem aos seus discípulos. Pede para perseverar no bem e colocar plena confiança em Deus, que não desilude: «Não se perderá um só cabelo da vossa cabeça» (21, 18). Deus não esquece os seus fiéis, a sua propriedade preciosa que somos nós”. (13 Nov. 16)

O Padre Paulo Ricardo disse que “teremos, sim, opositores, e muitos, mas não por sermos gente importante, como se fôramos algo além deste barro mortal, mas por causa de Cristo: “Perseguir-vos-ão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença dos reis e dos governadores, por causa de mim” (Lc 21, 12), e é por isso mesmo que não nos devemos preocupar. Porque o ser perseguido por ódio a Cristo é não só uma grande honra, mas sinal certo de que, quando chegar a hora, o Espírito Santo se servirá livremente de nós para, com palavras acertadíssimas, fazer brilhar o nome e a verdade de Nosso Senhor”.

“A esperança cristã, alimentada pela luz de Cristo, faz resplandecer a ressurreição e a vida mesmo nas noites mais escuras do mundo”. (Papa Francisco em 07\11\19)

O Padre Nilo Luza explicou: “Deus é amigo da vida, diz-nos a Sagrada Escritura. Porque quer ver seus filhos e filhas plenos de dignidade, Ele se compadece de todos os que não conseguem viver de forma digna. Se Deus é amigo da vida, somos convidados a amar e valorizar nossa existência presente, na certeza de que ela não se esgotará com a morte”.

Conclusão: 

“Não cabe ao homem adivinhar o dia e as circunstâncias do fim do mundo. O próprio Jesus disse: “Quanto a esse dia e hora, ninguém sabe nada, nem os anjos do céu, nem o filho. Somente o Pai é quem, sabe” (Mt 24, 36). Jesus não quer apavorar ninguém. Ele deseja somente que estejamos preparados. “É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação”. É assim que termina o evangelho desse Domingo.  Tenhamos, portanto, a certeza de que um tempo novo está por vir, o tempo da salvação eterna”. (Padre Guido Mottinelli)

Oração:

Senhor, dai-nos o dom da fé para perseverar na oração e não vacilarmos diante das situações difíceis da nossa vida. Que o Senhor nos guarde de todo o mal. Amém.

Jane Amábile – Com. Divino Espírito Santo

Entry filed under: Reflexão da Palavra. Tags: .

Papa Francisco no Twitter Francisco: não existe coração humano em que Cristo não queira e não possa renascer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Arquivos

ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 323 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: