Archive for janeiro, 2018

Assista a “Papa: a importância de bons leitores na missa” no YouTube

Anúncios

31 de janeiro de 2018 at 21:18 Deixe um comentário

Devoção a Maria Santíssima – reflexão de São João Bosco

Um grande sustentáculo para vós, meus queridos filhos, é a devoção a Maria Santíssima. Ouvi como ela vos convida: Si quis est párvulus, véniat ad me: Quem for pequenino, venha a mim. Se fordes seus devotos, além da abundância das suas bênçãos neste mundo, ela vos garante o paraíso na outra vida. Qui elúcidant me, vitam eternam habébunt. Tende pois a mais íntima convicção de que obtereis todas as graças desta boa mãe, contanto que não peçais coisas que resultem em vosso dano. Deveis pedir-lhe com insistência particularmente três graças, que são necessárias para todos, mais especialmente para vós, meus caros jovens.
A primeira é a de não cometerdes nunca nenhum pecado mortal durante a vossa vida. Sabeis que significa cair em pecado mortal? Quer dizer renunciar a sermos filhos de Deus para tornar-nos escravos de satanás. Quer dizer perder aquela beleza que nos faz iguais aos Anjos aos olhos de Deus, para tornar-nos deformes como demônios na sua presença. Quer dizer perder todos os merecimentos já adquiridos para a vida eterna; quer dizer ficar suspenso por um fio muito fraco por sobre a boca do inferno; quer dizer fazer enorme injúria a uma bondade infinita e é este maior mal que se possa imaginar. Oh! Sim, por quantas graças vos obtenha Maria, seria todas inúteis sem esta graça de não cair nunca em pecado mortal. Esta é graça que haveis de pedir de manhã e á noite e em todas as vossas práticas de piedade.
A segunda graça que deveis pedir a Nossa Senhora é a de poder conservar a preciosa virtude da pureza. O jovem que a conserva tem a maior semelhança com os Anjos do Céu. Pelo que o seu anjo da Guarda o considera como irmão e se alegra sobremaneira pela sua companhia.
Como me está muito a peito que todos os conserveis esta bela virtude, vos indico ainda alguns outros meios para conservá-la do veneno que a poderia contaminar. Antes de tudo evitai a companhia das pessoas de diversos sexos. Entendamo-nos: Quero dizer que os meninos nunca devem contrair familiaridades com meninas; de outra forma esta bela virtude se acharia em grande perigo. A guarda dos sentidos contribui também muitíssimo a conservação desta bela virtude. Evitai portanto todo excesso no comer e no beber; evitai os teatros, os bailes e semelhantes diversões, que são a ruínas dos bons costumes.
Mas guarde particularmente os olhos, que são as janelas pelas quais o pecado entra no nosso coração e por onde o demônio, vêem a tomar posse de nossa alma.nunca vos detenhais a olhar para as coisas contrárias, por pouco que seja, á modéstia. São Luis Gonzaga nem sequer queria que lhe vissem os pés, quando se deitava ou quando se levantava.
Outro menino, sendo interrogado porque fosse tão recatado na vista, respondeu: Tomei a resolução de não fitar nunca o rosto de uma mulher, para reservar os meus olhos para fixar pela primeira, vez se não for indigno, o rosto formosíssimo da Mãe da Pureza, Maria Santíssima.
A terceira graça que deveis implorar solicitamente da Virgem Imaculada é de poder sempre andar afastados da companhia daqueles jovens que tem más conversas, isto é, certas conversas que não se fariam na presença de vossos pais ou de alguma pessoa de respeito. Guardai-vos destes tais, muito embora fossem eles vossos parentes. Posso garantir-vos que ás vezes é mais prejudicial a companhia desses, do que a de um demônio. Felizes vós, meus caros filhos, se fugirdes da companhia dos maus! Então estareis certos de que trilhais o caminho do céu; diversamente, correreis muito grande perigo de perder-vos para sempre. Por isso quando virdes companheiros vossos proferirem blasfêmias, desprezar as práticas religiosas para afastar-vos da igreja ou, pior ainda, dizer palavras contrárias, por pouco que seja, á virtude da modéstia, fugi deles como da peste. Ficai certos de que, quanto mais puros forem os vossos olhares e vossas conversas, tanto mais Maria se comprazerá em vós e maiores graças vos alcançará de seu Filho e Nosso Redentor Jesus Cristo.
São essas três graças mais necessárias na vossa idade; e as alcançareis, com certeza, de Nossa Senhora, se fordes sempre seus devotos sinceros, rezando todos os dias o Santo Rosário ou ao menos três ave Maria e três glórias com a Jaculatória: Querida Mãe Virgem Maria fazei que eu salve a minha alma.
Com essas três graças trilhareis desde agora o caminho que vos há de tornar homens honrados na idade madura. Nessas graças tereis também o penhor certo da felicidade eterna que Maria Santíssima há de alcançar infalivelmente aos seus devotos.

Fonte: Site “Escritos dos Santos”.

31 de janeiro de 2018 at 5:40 Deixe um comentário

Começou a caminhada de intercessão pelas eleições de 2018

alt

 

“Acima de tudo, recomendo que se façam preces, orações, súplicas, ações de graças por todos os homens, pelos reis e por todos os que estão constituídos em autoridade, para que possamos viver uma vida calma e tranquila, com toda piedade e honestidade” (I Tm 2,1-2).

Família carismática! Nestes tempos desafiadores que atravessamos em nosso Brasil, temos a missão de nos mobilizarmos em prol da mudança e melhoria desse cenário de instabilidade ética, política e econômica. Como pessoas repletas do Espírito Santo e, portanto, renovadas por Sua coragem e pela sua força inabalável, temos o instrumento necessário para tomarmos uma atitude em relação a essas situações que nos envolvem: a oração.

“Se há pessoas que rezam, e que rezam com convicção, e com toda a fé, são vocês, os carismáticos, pessoas de oração”. As palavras do arcebispo de Aparecida (SP), dom Orlando Brandes, nos recordam que, por meio de nossa união e da graça de sermos um povo orante, podemos nos confortar uns aos outros, bem como nossos irmãos brasileiros, além de clamar pela verdade, justiça e igualdade em todo o país.

Dessa forma, os Ministérios de Fé e Política, Oração por Cura e Libertação, das Famílias, de Intercessão e todos os demais Ministérios realizam uma ação conjunta, cuja intenção é reunir a Renovação Carismática Católica do Brasil em oração por esse período de dificuldades e pelas eleições deste ano, 2018. É, inclusive, momento de pedir a luz do Santo Espírito na consciência do povo brasileiro, que escolherá, por meio do voto, os representantes da nação nos cargos de Presidente da República, Governador, Senador e Deputados Federais e Estaduais.

A campanha de intercessão começa no dia 1º de fevereiro de 2018. Esse é o ponto de partida para uma caminhada que se estenderá até 28 de outubro desse ano, data em que o segundo turno das eleições gerais do Brasil serão concluídas. Durante esse período, o Movimento estará diariamente unido pela Oração. pelo Brasil e Salve Rainha, além do jejum às sextas-feiras, na intenção de clamar a libertação do Brasil.

Participe em sua cidade/diocese! Nossa corrente de graça é também uma corrente de oração!

Fonte: Site da RCC Brasil

 

31 de janeiro de 2018 at 5:35 Deixe um comentário

Assista a “Papa: pastores não sejam rígidos, mas ternos e próximos” no YouTube

30 de janeiro de 2018 at 10:28 Deixe um comentário

Papa: A maternidade da Igreja se prolonga na maternidade da mulher

Papa preside missa todas as manhãs na capela de sua residência

Na homilia, o Papa destacou três palavras que indicam como a fé deve ser transmitida: ‘filho’ – como Paulo chama Timóteo – ‘mãe e avó’ e enfim, ‘testemunho’.

Cidade do Vaticano

A transmissão da fé foi o fulcro da homilia proferida pelo Papa na manhã desta sexta-feira (26/01), na Casa Santa Marta. Francisco comentou a segunda carta de São Paulo Apóstolo a Timóteo, proposta pela liturgia do dia, quando Paulo se dirige a seu discípulo, ressaltando a sua ‘fé sincera’.

Com efeito, foi próprio o Apóstolo a falar a Timóteo de Cristo e da Carta, o Papa destacou três palavras que indicam como a fé deve ser transmitida: ‘filho’ – como Paulo chama Timóteo – ‘maternidade’ e enfim, ‘testemunho’.

Paulo – disse o Papa – gera Timóteo com a loucura da pregação e esta é a sua paternidade. E na leitura, fala-se também de lágrimas, porque Paulo não adoça o seu anúncio com meias-verdades, mas o faz com coragem: “A coragem que faz com que Paulo se torna pai de Timóteo”. É a pregação que não pode ser ‘morna’.

Papa celebra na Casa Santa Marta

“A pregação – sempre – permitam-me a palavra – ‘estapeia’, é um ‘tapa’ que te comove e te sustenta. E o próprio Paulo diz: “A loucura da pregação”. É uma loucura, porque dizer que Deus se fez homem e foi crucificado e depois ressuscitou… O que disseram a Paulo os habitantes de Atenas? “Depois de amanhã te ouviremos”. Sempre, na pregação da fé, existe uma loucura. E a tentação é o falso bom senso, a mediocridade. “Não, não brinquemos… a fé morna”…

Hoje, em alguma paróquia (a de vocês, não, a de vocês é uma paróquia santa! – mas pensemos em outra. Em alguma paróquia), alguém vai, ouve o que diz esta pessoa da outra, daquela outra, daquela, daquela… Ao invés de dizer como se amam, dá vontade de dizer: “Como ferem! Como se machucam … a língua é uma faca para ferir o outro!  E como você pode transmitir a fé com um ar tão viciado de fofocas, de calúnias? Não. Testemunho. “Olha, esta pessoa jamais fala mal do outro; este faz obra de caridade; já este quando tem alguém doente vai visitá-lo, porque faz assim?”. A curiosidade: por que esta pessoa vive assim? E com o testemunho nasce a pergunta do porquê ali se transmite a fé, porque tem fé, porque segue os passos de Jesus.

E o Papa destaca o mal que faz o contratestemunho ou o mau testemunho: tira a fé, enfraquece as pessoas.

Mãe, avó: a maternidade é a terceira palavra. “A fé se transmite num ventre materno, o ventre da Igreja. Porque a Igreja é mãe, a Igreja é feminina. A maternidade da Igreja se prolonga na maternidade da mãe, da mulher.

E Francisco lembra ter conhecido na Albânia uma freira que durante a ditadura estava na prisão, mas de vez em quando os guardas a deixavam sair um pouco e ela ia em direção ao rio – tanto, eles pensavam – o que esta pobre senhora pode fazer. E ao invés, continua o Papa, ela era esperta e as mulheres sabiam quando ela saia e levavam seus filhos para que as batizasse escondido com a água do rio. Um belo exemplo, conclui.

Mas eu me pergunto: as mães, as avós, são como essas duas de que fala Paulo: “Também sua avó Lóide e sua mãe Eunice” que trasmitiram a fé, a fé sincera?  Um pouco…. diz: “Mas sim, aprenderá quando fará o catecismo. Mas eu lhes digo, fico triste quando vejo crianças que não sabem fazer o sinal da Cruz e fazem um desenho assim…. porque falta a mãe e a avó que ensine isso a elas. Quantas vezes penso nas coisas que se ensinam para a preparação do matrimônio, na noiva, que será mãe: é ensinado que ela deve transmitir a fé? 

“Peçamos ao Senhor que nos ensine como testemunhas, como pregradores e também às mulheres, como mães, a transmitir a fé”, conclui o Papa.

30 de janeiro de 2018 at 5:50 Deixe um comentário

Frases sobre a Sagrada Eucaristia

Resultado de imagem para imagem de sagrada eucaristia

1-São Pedro Julião Eymard: “A vida que a santa Comunhão me comunica é a mesma vida de Jesus Cristo, já que a Ele mesmo recebo”.

2-Santa Teresa D’Ávila: “Devemos estar na presença de Jesus Sacramentado, como os Santos no céu, diante da Essência Divina”.

3-São João Paulo II: “A celebração da Eucaristia não é só o dever mais sagrado, mas, sobretudo, a necessidade mais profunda da alma”.

4-São João-Maria Vianney:  “Quando recebemos a sagrada comunhão, recebemos a nossa alegria e a nossa felicidade”.

5-Monsenhor Jonas Abib: “A Eucaristia é como um remédio que devemos tomar constantemente até nos curarmos”.

6-São João Crisóstomo: “A Eucaristia dá-nos uma grande inclinação para a virtude, uma grande paz e torna mais fácil o caminho para a santificação”.

7-Catecismo da Igreja (1413): “No santíssimo sacramento da Eucaristia estão «contidos, verdadeira, real e substancialmente, o corpo e o sangue, conjuntamente com a alma e a divindade de nosso Senhor Jesus Cristo”.

8-São Pedro Julião Eymard: “Na Eucaristia encontrarei minhas alegrias e riquezas, minha morada, o palácio onde reside o Rei da minha vida e o Deus do meu coração”.

9-São Gregório Nazianzeno: “Este pão do céu requer-se que se tenha forme. Ele quer ser desejado”.

10-Monsenhor Jonas Abib: “Quando comungamos, é a pessoa inteira de Jesus que recebemos”.

11-São Pedro Julião Eymard: “Jesus no Santíssimo Sacramento, modelo de vida simples e oculta”.

12-São João-Maria Vianney: “Sem a divina Eucaristia, não haveria felicidade neste mundo, a vida seria insuportável”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

30 de janeiro de 2018 at 5:35 Deixe um comentário

Assista a “Papa: não existe verdadeira humildade sem humilhação” no YouTube

29 de janeiro de 2018 at 13:28 Deixe um comentário

Posts antigos


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 273 outros seguidores

Categorias