Festa da Transfiguração do Senhor – São Mateus 17, 1-9 – Dia 06 de agosto de 2017

31 de julho de 2017 at 5:59 Deixe um comentário

Resultado de imagem para imagem da transfiguração em site católico

“1.Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha. 2.Lá se transfigurou na presença deles: seu rosto brilhou como o sol, suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura. 3.E eis que apareceram Moisés e Elias conversando com ele. 4.Pedro tomou então a palavra e disse-lhe: Senhor, é bom estarmos aqui. Se queres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias. Falava ele ainda, quando veio uma nuvem luminosa e os envolveu. E daquela nuvem fez-se ouvir uma voz que dizia: Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda minha afeição; ouvi-o. 6.Ouvindo esta voz, os discípulos caíram com a face por terra e tiveram medo. 7.Mas Jesus aproximou-se deles e tocou-os, dizendo: Levantai-vos e não temais. 8.Eles levantaram os olhos e não viram mais ninguém, senão unicamente Jesus. 9.E, quando desciam, Jesus lhes fez esta proibição: Não conteis a ninguém o que vistes, até que o Filho do Homem ressuscite dos mortos.”

“No Monte Tabor, Jesus se manifesta aos discípulos em todo o esplendor de sua vida divina, antecipando a glória de sua Ressurreição. Ele é o Filho querido e amado de Deus, de quem recebeu poder, glória e realeza. Nesta festa somos convidados não somente contemplar a face luminosa do Mestre, mas principalmente ouvir sua voz e seguir seus passos. Na primeira semana deste mês vocacional, comemoramos a vocação para o Ministério ordenado: diáconos, padres e bispos. Celebremos em gratidão pelo nosso pároco e por todos os padres, neste seu dia”. (Liturgia Diária)

Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha.

O Papa Emérito Bento XVI disse que “o evangelista Mateus nos narrou aquilo que acontece quando Jesus sobe sobre o alto monte levando consigo três dos discípulos: Pedro, Tiago e João. Enquanto estavam lá em cima, sozinhos, a face de Jesus se tornou fulgurante e suas vestes puras”.

“Ele levou-os (os discípulos) para a montanha para lhes mostrar a glória da sua divindade e lhes dar a conhecer que era o Redentor de Israel, como lhes tinha anunciado pelos seus profetas. Eles tinham-no visto comer e beber, fatigar-Se e repousar, acalmar e dormir, sentir pavor até suar gotas de sangue, tudo coisas que não pareciam estar em harmonia com a sua natureza divina e não convir senão à sua humanidade. Por isso os levou à montanha, para que o Pai Lhe chamasse seu Filho e lhes mostrasse que era verdadeiramente seu Filho e que era Deus”. (Santo Efrém)

“Foram três os escolhidos para subir à montanha, dois para aparecer com o Senhor. Sobe Pedro, ele que recebeu as chaves do Reino dos Céus, sobe João, a quem será confiada a Mãe de Jesus, e sobre Tiago, que será o primeiro a ascender à dignidade de bispo. Em seguida, aparecem Moisés e Elias, a lei e a profecia, com o Verbo. Subamos, também nós, à montanha, imploremos ao Verbo de Deus que nos apareça em todo o Seu esplendor e em toda a Sua beleza, que seja forte, que avance pleno de majestade e que reine”. (Santo Ambrósio)

Lá se transfigurou na presença deles: seu rosto brilhou como o sol, suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura

O Papa Francisco disse assim: “Pensemos nisto. Quanto amor! Quanto amor! E pensemos também na beleza do rosto transfigurado de Jesus que encontraremos no Céu. E que esta contemplação dos dois rostos de Jesus — o transfigurado e o que se fez pecado, feito maldição — nos encoraje a ir em frente pelo caminho da vida, pelo caminho da vida cristã. Nos encoraje a pedir perdão pelos nossos pecados, a não pecar tanto… Nos encoraje sobretudo a ter confiança, porque se Ele se fez pecado foi porque assumiu sobre si os nossos. E Ele está sempre disposto a perdoar-nos. Devemos apenas pedi-lo”. (12 de março de 2017)

“O rosto de Cristo é um rosto de luz que rasga a obscuridade da morte: é anúncio e penhor da nossa glória, porque é o rosto do Crucificado Ressuscitado, o único Redentor da humanidade, que continua a resplandecer sobre nós (Sl 67, 3). (São João Paulo II)

O Papa Emérito Bento XVI explicou que “é isto que chamamos “Transfiguração”: um mistério luminoso, confortante. Qual o significado disto? A Transfiguração é uma revelação da pessoa de Jesus, da sua realidade profunda. De fato, as testemunhas oculares do evento, isto é, os três Apóstolos, foram envolvidos por uma nuvem, também esta luminosa – que na Bíblia anuncia sempre a presença de Deus – e ouviram uma voz que dizia: Este é meu Filho muito amado: nele coloco a minha afeição. Escutem-no” (Mt 17,5)”. ( 20 março de 2011)

Moisés e Elias

“No seu relato da Transfiguração, Mateus procura apresentar Jesus como o novo Moisés, o Servo de Deus e o Profeta, que concretiza o projeto de Deus, que é o reino da justiça e do amor. Jesus é o Filho amado de Deus que precisa ser escutado. Mês Vocacional: Vocação para o ministério ordenado: diáconos, padres e bispos”. (Liturgia Diária)

O Papa Emérito Bento XI ensinou: “Além disso, recordemos que sobre o monte Sinai, Moisés teve também a revelação da vontade de Deus: os Dez Mandamentos. E, sempre sobre o monte, Elias recebe de Deus a revelação da missão a cumprir. Jesus, ao invés disso, não recebe aquilo que deverá cumprir: já o conhece, na verdade são os apóstolos a ouvir, nas nuvens, a voz de Deus que manda: “Escutem-no”. (20 de março de 2011)

E daquela nuvem fez-se ouvir uma voz que dizia: Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda minha afeição; ouvi-o.

«Uma voz dizia da nuvem: «São estas as palavras do Pai saídas da nuvem do Espírito: «Este é o Meu Filho muito amado, ele que é homem e que tem a aparência de homem. Ontem fez-Se homem, viveu humildemente entre vós; agora o Seu rosto resplandece. Este é o Meu Filho muito amado; Ele existe desde antes dos séculos. Ele é o Filho único do Deus único. Fora do tempo, foi eternamente gerado de Mim, o Pai. Não acedeu à existência depois de Mim, mas desde toda a eternidade Ele é de Mim, está em Mim e coMigo».  (São Damasceno)

“Permaneçamos sempre unidas ao pé da cruz, fiquemos silenciosas junto do divino Crucificado e O escutemos. Ele nos contará todos os seus segredos, é Ele que nos conduzirá ao Pai. Aquele que tanto nos amou “que nos deu seu Unigênito”. (Santa Elisabete da Trindade)

Conclusão:

“A caminho de Jerusalém, Jesus havia falado abertamente de sua morte próxima. Seus discípulos ficaram desconsertados, seja pelo trágico fim do Mestre, seja porque foram convidados a arriscar a própria vida por Ele. Ora, o fato da Transfiguração garante ao discípulo que Jesus Cristo é o Filho de Deus: “Este é o meu Filho amado, em quem encontro o  meu agrado”. Ele veio para cumprir a Lei e os Profetas (todo o Antigo Testamento, representado por Moisés e Elias). Trata-se, portanto, da solene manifestação de Jesus, que passará pela crueza do sofrimento e da morte para chegar à Ressurreição.A determinação do Pai é que os discípulos, Aqui representados por Pedro, Tiago e João, ouçam o Filho. Ouvir é entender a mensagem de Jesus, pondo-a em prática e carregando a própria cruz. (Mt 16, 24-26).” (Dia a Dia – Ed. Paulus)

Oração:

“Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Perante testemunhas escolhidas, Jesus manifestou sua glória e fez resplandecer seu corpo, igual ao nosso, para que os discípulos não se escandalizassem da cruz. Desse modo, como cabeça da Igreja, manifestou o esplendor que refulgiria em todos os cristãos. Unidos à multidão dos anjos e dos santos, celebramos a vossa glória, cantando (dizendo) a uma só voz…” (Prefácio)

Jane Amábile – Com. Divino Espírito Santo

 

 

 

 

 

Anúncios

Entry filed under: Reflexão da Palavra. Tags: .

«Segue-Me» – comentário de Santo Inácio de Loyola Frases sobre o Ministério Ordenado: Diáconos, Padres e Bispos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 223 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: