A devoção à Nossa Senhora

28 de julho de 2017 at 8:41 Deixe um comentário

 Resultado de imagem para imagem de nossa senhora

Muitos devotos de Maria gostam de ter diariamente com ela um momento de intimidade ou uma conversa amigável. Esses momentos são tantas vezes informais e discretos. Simplesmente acontecem. São momentos muito humanos e espirituais. Vêm mais do coração do que da cabeça. Talvez a conversa aconteça, porque notamos uma imagem ou um quadro de Maria que guardamos em casa, ou estamos assistindo a um programa religioso no rádio ou na TV e escutamos algo sobre Maria, ou ouvimos um cântico dedicado a ela. De repente estamos falando familiarmente com ela. Não há cerimônia. Simplesmente acontece como acontece entre amigos. É um sinal do carinho que sentimos por ela, e ela por nós. É um diálogo de amor. Devemos parar por um momento e ficar na sua presença quando isso acontece. É um momento de comunhão dos Santos. É um momento rápido de contemplação, quando entramos no interior de Maria. É um momento de amor mútuo.

Qual seria o coração dessa conversa íntima com Maria? Maria é aquela mulher e mãe que fica diante do trono de Deus para interceder por nós. E, muitas vezes, ela é nosso último refúgio. “Quando mais nada funciona, então, vá a Maria”, disse Santo Afonso. Quando parece que há medo ou vergonha de falar diretamente com Deus, então podemos ir a Deus por Maria. Tenho certeza de que alguns teólogos teriam um problema sério com essa colocação. Mas Santo Afonso, também teólogo e doutor da Igreja, não teve nenhum problema com ela.

Maria é uma mãe e intercessora exemplar, e devemos então, em nossa devoção, buscar estar na sua presença em quaisquer apuros. Maria é, nesse sentido, a porta de acesso a Deus e às suas graças. A devoção está na procura de Maria para amá-la, agradecer e pedir que interceda por nós. É um meio para aqueles que sentem certo medo de Deus e, por isso, procuram Maria-Mãe sem medo, porque ela não vai recusar-se a interceder por eles a Deus. Devo frisar que essa devoção, se for autêntica, deve levar-nos a ficar diante de Deus e a buscar sua vontade e a conversão. Maria dirige-nos para Deus, e diante de Deus assumiremos compromisso de amor, de conversão e de serviço na comunidade.

Padre Lourenço Kearns, C.Ss.R
Extraído do livro Oração Cristã, Editora Santuário

Anúncios

Entry filed under: Maria Santíssima. Tags: .

O tesouro escondido no campo das Escrituras – comentário de Santo Irineu de Lyon O Mártir da Eucaristia- São Tarcísio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 202 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: