Décimo Sétimo Domingo do Tempo Comum – As parábolas do tesouro, da pérola e da rede – São Mateus 13, 44 – 53 – Dia 30 de julho de 2017

24 de julho de 2017 at 5:01 Deixe um comentário

Resultado de imagem para imagem da pérola de grande valor

“44.O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo. 45.O Reino dos céus é ainda semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas. 46.Encontrando uma de grande valor, vai, vende tudo o que possui e a compra. 47.O Reino dos céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie. 48.Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta. 49.Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos 50.e os arrojarão na fornalha, onde haverá choro e ranger de dentes. 51.Compreendestes tudo isto? Sim, Senhor, responderam eles. 52.Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas.”

Parábola do Tesouro Escondido

Frei Raniero Cantalamessa disse assim: “Um homem encontrou um tesouro e por isso vendeu tudo o que tinha para comprá-lo. É necessário, em poucas palavras, ter encontrado o tesouro para ter a força e a alegria de vender tudo. Deixando a parábola de lado: é preciso encontrar Jesus antes; encontrá-lo de uma maneira pessoal, nova, convencida; descobri-lo como amigo e salvador. Depois será simples vender tudo; isso é algo que a pessoa fará cheia de alegria, como o camponês do qual o Evangelho fala”.

“Que belo tesouro é o tesouro do amor de Deus. Feliz quem o possui: faça todo o empenho e use todos os meios necessários para conservá-lo e fazê-lo crescer; e quem ainda não o possui, deve empregar todos os meios para adquiri-lo”. (Santo Afonso de Ligório)

A parábola da pérola de grande valor 

O Padre Alírio Pedrini ensinou: “Todo ser humano procura a pérola preciosa da felicidade, da realização plena, do sumo bem. Essa pérola preciosa só se encontra em Deus. Só o Deus vivo e verdadeiro pode preencher o enorme vazio do coração humano.  Só Deus pode gerar a plena felicidade, a realização completa, o bem supremo. Todo coração humano procura essa pedra preciosa”. (Revista Brasil Cristão)

A parábola da rede lançada ao mar

O Padre Roger Luis falou que  “a parábola da rede lançada ao mar prolonga o tema da parábola do joio no meio do trigo e tem sabor de escatologia final. Na sociedade convivem lado a lado “peixes bons” e “peixes ruins”. Quem lança a rede é Deus e só a Ele compete ordenar a triagem. O juízo constará de separação. A parábola, portanto, mostra às comunidades cristãs qual será sua sorte final se perseverarem no discernimento e na opção definitiva pelo Reino de justiça”.

O Reino dos céus

“As duas parábolas do tesouro e da pérola ensinam a mesma coisa: que temos de preferir o Evangelho a todos os tesouros do mundo. Mas há uma situação ainda mais meritória: preferi-lo com gosto, com alegria e sem hesitação. Jamais podemos esquecer-nos de que ganhamos mais do que perdemos ao renunciar a tudo para seguir a Deus”. (São João Crisóstomo)

Papa Francisco disse que “o tesouro e a pérola valem mais do que todos os outros bens. Assim, os dois (o homem e o comerciante), se dão conta do valor incomparável daquilo que encontraram e estão dispostos a perder tudo para possuí-la: Assim é para o Reino de Deus: quem o encontra não tem dúvidas, sente que é aquilo que buscava, que esperava e que responde às suas aspirações mais autênticas”.

Conclusão:   

“As duas primeiras parábolas mostram que o Reino de Deus é uma realidade escondida, porém de grande valor e importância. O tesouro e a pérola são tão preciosos, que vale a pena, para conquistá-los, tomar novas atitudes, arriscadas e custosas. Essa conquista vem acompanhada de imensa alegria, característica de quem encontra Deus, como aconteceu com os Magos…A parábola da rede lançada ao mar se refere a coexistência do bem e do mal até o fim dos tempos..”   (Dia a Dia – Ed. Paulus)

Oração:

“Com a Palavra de Deus, que é força para a nossa vida e orientação para o nosso caminho, acolhamos neste dia a mensagem de Jesus. Em seu ensinamento está a alegria do tesouro e da pérola encontrados”. (Site: Catequese Católica)

Jane Amábile – Com. Divino Espírito Santo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Entry filed under: Reflexão da Palavra. Tags: .

O Espirito Santo Papa no Angelus: confiar na ação de Deus que fecunda a história

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 202 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: