Terceiro Domingo do Tempo Comum – Eles imediatamente deixaram as redes e O seguiram – São Mateus 4, 12 – 23 – Dia 22 de janeiro de 2017

16 de janeiro de 2017 at 5:12 Deixe um comentário

Imagem relacionada

12.Quando, pois, Jesus ouviu que João fora preso, retirou-se para a Galiléia.

13.Deixando a cidade de Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, à margem do lago, nos confins de Zabulon e Neftali,

14.para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías:

15.A terra de Zabulon e de Neftali, região vizinha ao mar, a terra além do Jordão, a Galiléia dos gentios,

16.este povo, que jazia nas trevas, viu resplandecer uma grande luz; e surgiu uma aurora para os que jaziam na região sombria da morte (Is 9,1).

17.Desde então, Jesus começou a pregar: Fazei penitência, pois o Reino dos céus está próximo.

18.Caminhando ao longo do mar da Galiléia, viu dois irmãos: Simão (chamado Pedro) e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores.

19.E disse-lhes: Vinde após mim e vos farei pescadores de homens.

20.Na mesma hora abandonaram suas redes e o seguiram.

21.Passando adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, que estavam com seu pai Zebedeu consertando as redes. Chamou-os,

22.e eles abandonaram a barca e seu pai e o seguiram.

23.Jesus percorria toda a Galiléia, ensinando nas suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino, curando todas as doenças e enfermidades entre o povo.

Quando, pois, Jesus ouviu que João fora preso, retirou-se para a Galileia

“Reunimo-nos em nome de Jesus, luz que ilumina os caminhos da nossa comunidade, a convivência, a missão e o trabalho nossos de cada dia. Esta celebração renove em nós o chamado do Senhor para segui-lo, a fim de nos tornarmos discípulos mais fiéis no anúncio e propagação do Reino de Deus”. (Liturgia Diária)

“Segundo S. Mateus, Jesus começa a pregação do Reino de Deus na Galileia dos gentios porque tem em mente a missão universal da salvação. A palavra que dirige aos judeus e aos pagãos é a mesma: «Convertei-vos, porque está próximo o Reino do Céu» (v. 17). Depois, Jesus percorre as sinagogas, prega «o Evangelho do Reino» e realiza milagres «curando entre o povo todas as doenças e enfermidades» (v. 23). (Site dos Dehonianos)

Este povo, que jazia nas trevas, viu resplandecer uma grande luz

D. Orani João Tempesta disse assim: “Precisamos mostrar ao mundo que “este povo, que jazia nas trevas, viu resplandecer uma grande luz; e surgiu uma aurora para os que jaziam na região sombria da morte” (Mt 4, 16). Urge mostrar a alegria que é conhecer e se relacionar com o Filho de Deus, que nos tira das trevas e da região sombria da morte para que todos tenham luz e vida plena”.

O Padre. Heitor de Menezes explicou: “Esta Luz, nascida em Belém, reconhecida pelos magos, brilha nas trevas da morte, da doença, dos tormentos, da opressão. É a manifestação de Deus presente na história da humanidade que liberta, cura e ilumina a vida de todos. Sejamos comprometidos com a vida dos nossos irmãos, sendo luz para o nosso próximo”.

Desde então, Jesus começou a pregar: Fazei penitência, pois o Reino dos céus está próximo

“Quando Cristo inicia a sua pregação na Terra, não oferece um programa político, mas diz: fazei penitência, porque está perto o reino dos Céus. Encarrega os seus discípulos de anunciar esta boa nova e ensina a pedir, na oração, a chegada do reino, isto é o reino dos Céus e a sua justiça, uma vida santa, aquilo que temos de procurar em primeiro lugar, a única coisa verdadeiramente necessária”. (São Josemaria Escrivá)

“O próprio Jesus não inicia o seu ministério com a imediata revelação das sublimes verdades da fé, e sim com o convite a purificar a mente e o coração de tudo o que pudesse impedir o frutuoso acolhimento da boa-nova: “A partir desse momento começou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o Reino dos Céus” (Mt 4, 17). (Beato João XXIII)

 

Vinde após mim e vos farei pescadores de homens.

O Papa Francisco disse que “quando o Senhor «vê Pedro e André a trabalhar, eram pescadores, diz-lhe: “Vinde após mim”». Portanto, devemos «seguir Jesus, o que Ele nos ensinou, o que nós encontramos todos os dias quando lemos este trecho do Evangelho». E perguntar: «Senhor, o que queres que eu faça? Mostra-me o caminho». (09/01/17)

“Que pescaria admirável a do Salvador! Admirai a fé e a obediência dos discípulos. Como sabeis, a pesca exige uma atenção ininterrupta. Ora, no meio da sua labuta, eles ouvem o chamamento de Jesus e não hesitam um instante, dizendo por exemplo: «Deixa-nos ir a casa falar com a nossa família.» Não, deixam tudo e seguem-No, como Eliseu fez com Elias (1Rs 19,20). Esta é a obediência que Cristo nos pede: sem a menor hesitação, mesmo que necessidades aparentemente mais urgentes nos pressionem”. (São João Crisóstomo)

 

Conclusão:

Com as palavras do Padre Heitor de Menezes: “Desde o início de seu ministério, Jesus quis ter consigo companheiros de missão. Para isso, contou com a colaboração dos discípulos, para que, preparando-os, pudessem continuar sua missão. A convocatória de Jesus revela a prontidão do seguimento e a disposição de lutar contra as forças do mal. O Mestre convoca os primeiros para segui-lo a partir da realidade de cada um: homens, simples, trabalhadores da pesca, sem nada que lhes pudesse dar algum destaque. Os grupos foi confortado com o chamado: “Segue-me”. É, pois, hora de ouvira voz de Jesus que nos chama hoje para segui-lo, sem medo das tribulações que virão. Estamos preparados para isso?” (Rede Século 21)

Oração:

“Senhor Jesus Cristo nos chamais à missão. Concedei-nos a graça de poder deixar de lado as redes que nos amarram, nos prendem, e nos lançarmos ao Vosso serviço, sem esperarmos qualquer retribuição, pois Vós já sois o nosso prêmio. Amém”. (Site do Padre Reginaldo Manzotti)

Jane Amábile – Com. Divino Espírito Santo

 

 

Anúncios

Entry filed under: Reflexão da Palavra. Tags: .

Papa: que Deus aqueça o nosso coração para ajudarmos quem passa frio Frases de Santo Afonso de Ligório

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 214 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: