Primeiro Domingo do Advento – Por isso, também vós ficais preparados! – São Mateus 24, 37-44 – Dia 27 de novembro

21 de novembro de 2016 at 5:52 Deixe um comentário

Resultado de imagem para imagem do primeiro domingo do advento

37.Assim como foi nos tempos de Noé, assim acontecerá na vinda do Filho do Homem.

38.Nos dias que precederam o dilúvio, comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca.

39.E os homens de nada sabiam, até o momento em que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim será também na volta do Filho do Homem.

40.Dois homens estarão no campo: um será tomado, o outro será deixado.

41.Duas mulheres estarão moendo no mesmo moinho: uma será tomada a outra será deixada.

42.Vigiai, pois, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor.

43.Sabei que se o pai de família soubesse em que hora da noite viria o ladrão, vigiaria e não deixaria arrombar a sua casa.

44.Por isso, estai também vós preparados porque o Filho do Homem virá numa hora em que menos pensardes.

“Com o propósito de deixarmo-nos guiar pela luz do Senhor, iniciamos novo ano litúrgico. Advento é tempo de preparação para o Natal, no qual vamos festejar a encarnação de Deus em Jesus. Somos chamados a viver este tempo de expectativa para identificar e acolher os sinais do Reino de Deus. Atentos ao convite do salmista, celebremos com alegria na casa do Senhor”. (Liturgia Diária)

Deus é esperança: como foi para Noé, é também para nós

O Papa Francisco disse assim: “Não permitamos que as recordações dolorosas tomem posse de nosso coração; mesmo diante dos ataques repetidos do mal, não nos rendamos. Façamos como Noé que depois do dilúvio não se cansou de olhar para o céu e libertar várias vezes a pomba, até que uma vez ela retornou a ele levando um ramo novo de oliveira. Era o sinal de que a vida podia recomeçar e a esperança devia ressurgir”, (22\06\2016)

Vigiai, pois…

O Papa Emérito Bento XVI disse: “Vigiai, pois… “. Escutemos o convite de Jesus no Evangelho e preparemo-nos para reviver com fé o mistério do nascimento do Redentor, que encheu o universo de alegria; preparemo-nos para acolher o Senhor no seu incessante vir ao nosso encontro nos acontecimentos da vida, na alegria e no sofrimento, na saúde e na doença; preparemo-nos para o encontrar na sua vinda última e definitiva”. (02\12\2007)

Estai também vós preparados porque o Filho do Homem virá numa hora em que menos pensardes.

O Papa Francisco explicando sobre a vigilância; “Esta parábola tem como imagem a chegada imprevisível do ladrão. Este fato exige vigilância; de fato, Jesus exorta: “Estejam preparados! Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que vocês menos esperarem”. O discípulo é aquele que espera o Senhor e o seu Reino”.

E os homens de nada sabiam, até o momento em que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim será também na volta do Filho do Homem.

“Do alto do céu, o juiz dá uma ordem; de imediato se abriram as comportas, precipitando as chuvas, torrentes de água e saraiva de um lado do mundo ao outro; e o medo fez brotar as fontes do abismo, inundando a terra em todo o lado. Foi este o efeito da cólera de Deus, porque os homens haviam perseverado no seu endurecimento e não se tinham apressado a gritar-Lhe com fé: «Salva todos os homens da cólera pelo amor que nos tens, redentor do universo!”. (São Romano)

Conclusão:

“Não podemos, caros irmãos e irmãs, fechar os olhos sobre as últimas realidades. Não podemos fechar os olhos sobre o significado definitivo da nossa existência terrena. Passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras não hão-de passar (Mc 13, 31) — diz o Senhor. Devemos viver com os olhos amplamente abertos. Tal abertura dos olhos, favorecida pela luz da fé, traz consigo também a paz e a alegria…” (São João Paulo II)

Oração:

“Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo lugar, Senhor, Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Revestido da nossa fragilidade, ele veio a primeira vez para realizar seu eterno plano de amor e abrir-nos o caminho da salvação. Revestido de sua glória, ele virá uma segunda vez para conceder-nos em plenitude os bens prometidos que hoje, vigilantes, esperamos. Por essa razão, agora e sempre, nós nos unimos aos anjos e a todos os santos, cantando (dizendo) a uma só voz…” (Prefácio do Advento)

Jane Amábile – Com. Divino Espírito Santo

 

 

Anúncios

Entry filed under: Reflexão da Palavra. Tags: .

Santa Sé anuncia Carta Apostólica Misericordia et Misera do Papa Francisco Homilia do Papa na Solenidade de Cristo Rei do Universo – Texto integral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 221 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: