Audiência: nenhuma ovelha pode ser perdida

4 de maio de 2016 at 18:11 Deixe um comentário

2016-05-04 Rádio Vaticana

Quarta-feira, 4 de maio – na audiência geral na Praça de S. Pedro o Papa Francisco propôs uma catequese sobre a parábola da ovelha perdida na qual mostrou a solicitude de Jesus pelos pecadores e a misericórdia de Deus que não quer nem se resigna a perder ninguém.

Segundo o Santo Padre, a misericórdia para com os pecadores é o estilo do agir de Deus. E a este estilo Deus é absolutamente fiel: nada nem ninguém O pode afastar desta sua vontade de todos salvar. É capaz de deixar as noventa e nove ovelhas no deserto, para ir à procura da que anda perdida – sublinhou Francisco.

Com isto, Jesus quer fazer-nos refletir sobre o modo como vivemos a nossa fé. Para encontrar o Senhor, temos de O procurar, não onde nós pretendemos encontrá-Lo, mas onde Ele nos quer encontrar: e o pastor só pode ser encontrado, onde está a ovelha perdida – declarou o Papa que deixou claro que o pastor que vai à procura da ovelha perdida, provoca as outras noventa e nove para que participem na reunificação do rebanho:

“O ensinamento que Jesus nos quer dar é que nenhuma ovelha pode ser perdida” – disse o Santo Padre.

Desta forma, não só a ovelha será trazida aos ombros, mas todo o rebanho acompanhará o pastor até casa, para fazer festa com “os amigos e os vizinhos” – afirmou o Papa.

Aos olhos de Jesus, não há ovelhas definitivamente perdidas, mas apenas ovelhas que devem ser reencontradas. E Jesus impele-nos a sair à procura delas. Não há distância que o pastor não possa superar; e nenhum rebanho pode renunciar a um irmão que anda perdido.

“É aí que corremos o perigo de fecharmo-nos no redil, onde não há o cheiro das ovelhas, mas o cheiro a fechado! – declarou Francisco.

“Nós cristãos não devemos ser fechados porque, se assim for, teremos o cheiro das coisas fechadas” – disse o Papa exortando os cristãos a serem abertos e sublinhando que todos são ovelhas reencontradas e trazidas para casa pela misericórdia do Senhor chamados a reunir juntamente com Ele o rebanho inteiro.

No final da sua catequese o Santo Padre saudou também os peregrinos de língua portuguesa:

“Com cordial afeto, saúdo todos os peregrinos de língua portuguesa, em especial os diversos grupos e movimentos de Portugal e os fiéis da paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, de São Tomé. Irmãos e amigos, estais em boas mãos, estais nas mãos da Virgem Maria. Ela vos proteja da tentação de prescindir dos outros, pensando em salvar-vos sozinhos. Rezai por mim! Que Deus vos abençoe!”

O Papa Francisco a todos deu a sua bênção.

Anúncios

Entry filed under: Santo Padre. Tags: .

Missa em Santa Marta – Novidades e resistências Ascensão do Senhor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 199 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: