Papa Francisco no Regina Caeli: escutar a voz do Pastor

22 de abril de 2016 at 5:39 Deixe um comentário

2016-04-17 Rádio Vaticana

 

Às 12 horas de Roma. O Papa Francisco procedeu a recitação do Regina Caeli na Praça de S. Pedro repleta de fiéis e peregrinos provenientes de diversas partes da Itália e do mundo para assistir a celebração. primeiro da Santa missa  na Basílica de S. Pedro e em seguida, do Regina Caeli, neste domingo do Bom Pastor e dia mundial de oração para as vocações ao sacerdócio e  à vida consagrada.

 

Comentando o Evangelho deste domingo do Bom Pastor, Francisco iniciou por contestualizar o ambiente no qual nasceram as palavras sobre a imagem da ovelha e do pastor pronunciadas por Jesus no Evangelho de hoje : é a festa da dedicação do Templo de Jerusalém que se celebrava no mês de dezembro. E Jesus se encontrava precisamente nos arredores do Templo e é precisamente este espaço sagrado a sugerir-Lhe a imagem da ovelha e do pastor.

Jesus, disse o Santo Padre, se apresenta como “o Bom Pastor” e diz: <<As minhas ovelhas escutam a minha voz. Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me. Eu dou-lhes a vida eterna e nunca hão de perecer e ninguém as arrebatará da minha mão>>.

<<Estas palavras ajudam-nos a compreender que ninguém pode considerar-se discípulo de Jesus, se não escuta a sua voz. E este escutar não deve ser entendido de maneira superficial, mas envolvente até ao ponto de tornar possível um verdadeiro conhecimento recíproco a partir da qual pode provir um seguimento generoso(…) Trata-se de um escutar não só com as orelhas, mas também com o coração>>.

Portanto, observou o Papa, a imagem do pastor e das ovelhas indica a estreita relação que Jesus quer estabelecer com cada um de nós. Ele é o nosso Guia, o nosso Mestre, o nosso Amigo, o nosso modelo, mas sobretudo é o nosso Salvador. De fato, Jesus afirma: “Eu dou-lhes a vida eterna e nunca hão de perecer e ninguém as arrebatará da minha mão>>.

Estas palavras, disse Francisco, comunicam-nos o sentido de segurança e de imensa ternura. A nossa vida está plenamente segura nas mãos de Jesus e do Pai que são uma única coisa: um único amor, uma única misericórdia revelados uma vez por todas no sacrifício da cruz. No mistério da cruz Jesus nos deu a vida, a vida em abundância e este mistério renova-se sempre e com humildade surpreendente, na Eucaristia. É na Eucaristia que as ovelhas se reúnem para se alimentarem, é na Eucaristia que elas se tornam num só corpo entre eles e em união com o Bom Pastor.

Por isso, concluiu dizendo o Santo Padre, não temos mais medo: a nossa vida é doravante salvada da perdição. Nada e ninguém pode arrebatar-nos das mãos de Jesus precisamente porque nada e ninguém pode vencer o seu amor. O Maligno, esse grande inimigo de Deus e das suas criaturas, não pode realizar nenhum mal contra nós, a não ser que sejamos nós a abrir-lhe as portas da nossa alma, seguindo as suas ilusões, as suas propostas enganadoras.

Que a virgem Maria que escutou e seguiu a voz a do Bom Pastor, nos ajude então a acolher com júbilo, o convite de Jesus a tornarmo-nos seus discípulos e a viver sempre com a certeza de estarmos nas mãos de Deus.

 

Anúncios

Entry filed under: Santo Padre. Tags: .

Glória a Vós, Senhor Jesus! – do Sermão de Santo Efrém Missa em Santa Marta – Cristãos com três dimensões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 205 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: