Papa Francisco e o Rosário

15 de novembro de 2015 at 9:14 Deixe um comentário

O Santo Padre, Papa Francisco, conta-nos qual a importância do Rosário em sua vida.

Papa Francisco e o Rosário

Papa Francisco

Desde pequeno, Jorge Mario Bergolio, nosso querido Papa Francisco, tem o hábito de rezar o Rosário da Virgem Maria diariamente. O Rosário mariano é, para o Santo Padre, um auxílio para vencer as próprias fragilidades: “isso é o que eu penso sobre a fragilidade; pelo menos é a minha experiência. Uma coisa que me faz forte todos os dias é rezar o Terço a Nossa Senhora. Sinto uma força tão grande, porque vou ter com ela e sinto-me forte”1. O seu costume de rezar o Rosário todos os dias está ligado com as experiências em família com a Virgem Maria. Desde a sua infância, viveu esta devoção mariana, que permanece até os dias de hoje: “sou do Rosário diário”2, testemunha o Sumo Pontífice.

Desde a mais tenra idade, Jorge Bergolio aprendeu a rezar o Rosário, como parte de sua herança familiar italiana, ainda sem os mistérios luminosos, acrescentados em 2002 pelo Papa João Paulo II. Durante muito tempo rezou o Rosário completo todos os dias, até a sua ida para o Vaticano, quando teve que mudar sua prática de devoção a Maria: “Até que vim para cá praticamente rezava as ‘três’ coroas”3, ou seja, os três Terços. Desde que foi para Roma, Francisco confessa que não tem conseguido rezar o Rosário completo: “Aqui já não. Costumo rezar só uma ‘coroa’. De mais que isso não consigo dar conta, pela falta de tempo e tudo mais. Mas sempre, todos os dias, rezo o Terço e o recomendo às pessoas”4. Ele justifica sua prática de devoção mariana de forma muito simples: “o Rosário me faz bem!”5.

O Santo Padre explica que, em nossa luta contra o mal, nunca estamos sozinhos: “Maria não nos deixa sozinhos; a Mãe de Cristo e da Igreja está sempre conosco. Sempre, caminha conosco, está conosco”6. Como a Igreja é militante na Terra e, ao mesmo tempo, triunfante no Céu, também a Virgem Maria, em certo sentido, partilha esta dupla condição. A Mãe de Deus entrou, de uma vez por todas, na glória do Céu, entretanto, isto não significa que ela esteja distante, separada de nós. Ao contrário, “Maria nos acompanha, luta conosco, apoia os cristãos no combate contra as forças do mal. A oração com Maria, em particular o Rosário – mas ouçam bem: o Rosário. Vocês rezam o Rosário todos os dias? Mas não sei… (os presentes gritam: Sim!). É mesmo? Então, a oração com Maria, em particular o Rosário tem também esta dimensão ‘agonística’, isso é, de luta, uma oração que apoia na batalha contra o Maligno e os seus cúmplices”7.

Fonte: Canção Nova

Anúncios

Entry filed under: Santo Padre. Tags: .

Santa Margarida da Escócia, intercessora dos pecadores – 16 de Novembro Angelus – 15 de Novembro de 2015 (Ao Vivo)- para os irmãos de língua italiana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 310 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: