Décimo Quarto Domingo do Tempo Comum – Aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração – São Mateus 11, 25-30 – 06 de Julho

30 de junho de 2014 at 18:20 Deixe um comentário

25. Por aquele tempo, Jesus pronunciou estas palavras: Eu te bendigo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequenos.

26. Sim, Pai, eu te bendigo, porque assim foi do teu agrado.

27. Todas as coisas me foram dadas por meu Pai; ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho quiser revelá-lo.

28. Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei.

29. Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas.

30. Porque meu jugo é suave e meu peso é leve.

 

“Como povo que pertence a Cristo, estamos reunidos para elevar a Deus a nossa prece de louvor e agradecimento por conceder aos pobres e humildes a sabedoria do Reino. Manso e humilde de coração, Jesus quer que façamos parte do seu grupo e aprendamos dele como tornar nosso jugo suave e nosso fardo leve”. (Liturgia Diária)

 

“Eu te bendigo, Pai, Senhor do céu e da terra…”

São João Paulo II disse: “Com estas palavras, amados irmãos e irmãs, Jesus louva os desígnios do Pai celeste; sabe que ninguém pode vir ter com Ele, se não for atraído pelo Pai (Jo 6, 44), por isso louva por este desígnio e abraça-o filialmente: «Sim, Pai, Eu Te bendigo, porque assim foi do teu agrado» (Mt 11, 26). Quiseste abrir o Reino aos pequeninos”.

Papa Francisco disse que “o amor com que o Pai ama o Filho chega até nós e, por obra do Espírito Santo, envolve-nos e faz-nos entrar na vida trinitária. O Pai é a fonte da alegria. O Filho é a sua manifestação, e o Espírito Santo o animador”.

“Senhor Deus, hoje queremos unir nossa oração à oração de Jesus: sejais glorificado, nosso Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondestes estas coisas aos sábios e entendidos e as revelastes aos pequeninos. Iluminai com a luz do alto os simples que vos buscam de coração sincero. Queremos também agradecer o convite do vosso Filho, que nos chama a segui-lo para nos livrar dos fardos desnecessários que pesam sobre nós e encontrar nele o descanso. Por Cristo, nosso Senhor. Amém”. (Liturgia Diária)

A Palavra diz: “Oferecei vossos sacrifícios com sinceridade e esperai no Senhor. Dizem muitos: Quem nos fará ver a felicidade? Fazei brilhar sobre nós, Senhor, a luz de vossa face. Pusestes em meu coração mais alegria do que quando abundam o trigo e o vinho. Apenas me deito, logo adormeço em paz, porque a segurança de meu repouso vem de vós só, Senhor”. (Sl 4, 6-9)

“Jesus exultou, porque o Pai decidiu amar os homens com o mesmo amor que tem pelo Filho”. (Papa Francisco)

O Catecismo (§2780) ensina: “Nós podemos invocar Deus como «Pai», porque Ele nos foi revelado pelo seu Filho feito homem e porque o seu Espírito no-Lo faz conhecer. A relação pessoal do Filho com o Pai, que o homem não pode conceber nem os poderes angélicos podem entrever, eis que o Espírito do Filho nos faz participar dela, a nós que cremos que Jesus é o Cristo e que nascemos de Deus”.

 

“Escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequenos”

“Senhor Deus, hoje queremos unir nossa oração à oração de Jesus: sejais glorificado, nosso Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondestes estas coisas aos sábios e entendidos e as revelastes aos pequeninos. Iluminai com a luz do alto os simples que vos buscam de coração sincero. Queremos também agradecer o convite do vosso Filho, que nos chama a segui-lo para nos livrar dos fardos desnecessários que pesam sobre nós e encontrar nele o descanso. Por Cristo, nosso Senhor. Amém”. (Liturgia Diária)

“Crer, entretanto, é graça somente acolhida por aqueles que buscam de todo coração o mistério de Deus. Esses são os pequeninos a que se refere Jesus: “eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultastes estas coisas aos sábios e as revelastes aos pequeninos” (Mt 11, 25). Se desejamos crer, devemos cultivar um coração suplicante”. (Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues – CNBB)

 

“Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei”

O Papa Emérito Bento XVI disse que “Deus vem ao nosso encontro, “procura conquistar- nos até à Última Ceia, até ao Coração trespassado na cruz, até as aparições e as grandes obras pelas quais Ele, através da ação dos Apóstolos, guiou o caminho da Igreja nascente” (Deus caritas est). Ele se revela através da sua Palavra, nos Sacramentos, especialmente da Eucaristia. Por isso, a vida da Igreja é essencialmente eucarística. O Senhor, na sua amorosa providência deixou-nos um sinal visível da sua presença”.

O Papa Francisco disse: “Senhor olha sempre para nós com misericórdia; não o esqueçamos, olha sempre para nós com misericórdia, espera-nos com misericórdia. Não tenhamos medo de nos aproximarmos d’Ele! Tem um coração misericordioso! Se lhe mostrarmos as nossas feridas interiores, os nossos pecados, Ele perdoar-nos-á sempre. É misericórdia pura! Vamos ao encontro de Jesus”!

Padre Bantu disse que “Jesus nos convida porque conhece o nosso coração e sabe que só n’Ele teremos descanso, pois Ele mesmo justifica isso quando diz Tomai sobre vós o meu jugo e aprendeis de mim, porque sou manso e humilde de coração. Pois o meu jugo é suave e meu fardo é leve. Jesus não nos convida até Ele para nos condenar, mas nos convida para tirar de nós tudo que não nos faz bem, inclusive nosso sentimento de culpa em relação aos nossos pecados e fraquezas. Ele anseia e deseja muito que O busquemos para nos dar o descanso necessário para uma boa caminhada”.

 

“Porque meu jugo é suave e meu peso é leve”

O Papa Emérito Bento XVI explicou: “Carregar o jugo do Senhor significa antes de tudo: aprender d’Ele. Estar sempre dispostos a ir à sua escola. D’Ele devemos aprender a mansidão e a humildade a humildade de Deus que se mostra no seu ser homem”.

“CONCEDEI-NOS, SENHOR, A SABEDORIA DA CRUZ, PARA QUE, INSTRUÍDOS PELA PAIXÃO DE VOSSO FILHO, SEJAMOS CAPAZES DE SEMPRE LEVAR SEU JUGO SUAVE. POR NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, VOSSO FILHO, NA UNIDADE DO ESPÍRITO SANTO”. (LITURGIA DAS HORAS)

O Papa Emérito Bento XVI disse: “Às vezes gostaríamos de dizer a Jesus: Senhor, o teu jugo não é minimamente leve. Aliás, é tremendamente pesado neste mundo. Mas olhando depois para Ele que carregou tudo que em si sentiu a obediência, a debilidade, o sofrimento, toda a escuridão, então estas nossas lamentações dissipam-se. O seu jugo é o de amar com Ele. Quanto mais amarmos, e com Ele nos tornarmos pessoas que amam, tanto mais leve se tornará para nós o seu jugo aparentemente pesado”.

 

“Eu sou manso e humilde de coração”

São João Paulo II disse que imitar “Cristo manso e humilde de coração (Mt 11, 29), que pela salvação das almas, de todas as almas, sem diferença de língua, raça e nação (Apoc 5, 9), se fez criança com as crianças, pobre com os pobres, sofredor com os que sofrem, caminho para os transviados, verdade para os que erram e vida para todos os homens; fez-se, numa palavra tudo para todos (1 Cor 15, 28), como afirma São Paulo, para todos poderem senti-lo próximo, benfazejo e salvador, e poderem dizer com o mesmo Apóstolo das Gentes: Ele amou-me e sacrificou-se por mim (Gál 2, 10)”.

O Papa Francisco disse que o evangelista S. João “testemunha o que viu no Calvário, ou seja, que um soldado, quando Jesus já estava morto, lhe trespassou o lado com uma lança e daquela ferida saíram sangue e água ( Jo 19, 33-34). João reconheceu naquele sinal, aparentemente casual, o cumprimento das profecias: do Coração de Jesus, Cordeiro imolado na cruz, brota para todos os homens o perdão e a vida”.

O Papa Emérito Bento XVI disse que cada uma dessas palavras “«manso», «humilde», é uma palavra cristológica e exige de novo este imitar Cristo. Porque no Batismo somos conformados com Cristo, portanto devemos conformar-nos com Cristo, encontrar este espírito do ser mansos, sem violência, de convencer com o amor e com a bondade”.

São João Paulo II explicou que “no coração do Redentor “habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Col 2, 9), de onde podemos tirar a energia espiritual indispensável para irradiar no mundo o seu amor e a sua alegria”.

 

Conclusão

“Senhor Jesus Cristo, manso e humilde de coração, que tornais leve o fardo e suave o jugo dos que vos seguem, acolhei os propósitos e trabalhos deste dia e concedei-nos um repouso tranquilo, para amanhã vos servirmos com maior generosidade. Vós, que viveis e reinais para sempre. Amém”. (liturgia das Horas)

 

Oração

Do Papa Francisco: “Dirijamo-nos à Virgem Maria: o seu coração imaculado, coração de mãe, partilhou ao máximo a «compaixão» de Deus, especialmente da paixão e da morte de Jesus. Ajude-nos Maria a sermos mansos, humildes e misericordiosos com os nossos irmãos”.

Do Papa Emérito Bento XVI: “Peçamos-lhe que nos ajude a tornarmo-nos com Ele pessoas que amam, para assim conhecermos cada vez mais como é bom carregar o seu jugo. Amém”.

De São João Paulo II: “Maria nos ajude a seguir docilmente Jesus que constantemente nos repete: “Vinde a Mim… e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração, e achareis alívio para as vossas almas” (Mt 11, 29).

Jane Amábile – Com. Divino Espírito Santo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entry filed under: Reflexão da Palavra. Tags: .

Oração pela Igreja e pela Família Guardas suíços querem ver jogo com o Papa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Arquivos

ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se aos outros seguidores de 373

Categorias


%d blogueiros gostam disto: