MARIA SANTÍSSIMA

20 de maio de 2010 at 13:04 Deixe um comentário

Segunda Parte

Nossa Senhora provavelmente não tinha idéia de como sua vida iria mudar extraordinariamente, a partir da primeira  fala do anjo Gabriel: ” Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo”. ( Lc 1, 28 )

Santo Alberto Magno diz: ” É anunciada à Santíssima Virgem tal plenitude de graça, que se tornou por isso a fonte e o canal de transmissão de toda a graça a todo o gênero humano.”


Próximo ao nacimento  de Jesus, Maria e José foram a Belém para o recenseamento decretado por César Augusto.

Não conseguiram hospedagem. Ao nascer Jesus foi colocado numa manjedoura.
Mesmo sendo uma situação difícil de entender, pois o  Filho do Altíssimo ( Lc 1, 32 ), precisou nascer naquele lugar tão pobre e sem conforto, Maria aceitou o fato  e se colocou confiantemente nas mãos de Deus.

Os pastores que estavam nos arredores do presépio, foram avisados pelo anjo sobre o nascimento de Jesus: “Hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor.” ( Lc 2, 11 )
Os pastores foram ao local indicado pelo anjo ” com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura”.  E lá falaram muitas coisas à respeito de Jesus, que ouviram do anjo. ( Lc 2, 16 )

Nossa Senhora  talvez tenha ouvido em silêncio, tudo  o que os pastores falavam a respeito do menino Jesus, porque a palavra diz:

“ Maria conservava todas essas palavras, meditando-as no seu coração”(Lc 2, 19).

Conservar e meditar são palavras  difíceis de colocarmos em prática, hoje. Somos ansiosos, questionadores e cobramos  tantos nossos direitos…

Ah,Maria, ensina-nos a ser assim tão dócil a Deus!

O mundo teria  mais paz  se colocássemos em prática a exortação do seu amado Filho: “Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra! ” ( Mt 5, 5 )

É sempre destacada no Evangelho, a presença protetora de Maria junto a seu filho Jesus.

Seguindo a estrela até Belém, que  despertou a raiva de Herodes, vieram os Magos trazendo ouro, incenso e mirra pra dar  a Jesus:

” E entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se diante dele o adoraram “. ( Mt 2, 11 )

“…para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse para a glória de Deus pai, que Jesus Cristo é o Senhor”. ( Fl 2, 10-11 )

Assim que os Magos foram embora, Maria, José e o menino Jesus, tiveram que fugir durante à noite para o Egito, pois o anjo avisou em sonhos a José, que Herodes queria matar Jesus.

Ó Senhora, proteja-nos sob seu manto materno contra os inimigos!

Quando Herodes morreu, o anjo disse que eles deveriam voltar do Egito. Vieram para Nazaré e lá ficaram residindo.

Como era costume entre os judeus, José e Maria foram ao templo de Jerusalém apresentar Jesus.

Mais uma vez, Deus confirmou a filiação divina de Jesus, quando Simeão colocou Jesus nos braços e louvou a Deus: …” os meus olhos viram a vossa salvação que preparastes diante de todos os povos, como luz para iluminar as nações, e para a glória de vosso povo de Israel”. ( Lc 2, 30-32 )

“Seu pai e sua mãe estavam admirados das coisas que dele se diziam.”(Lc 2, 33)

A profetiza Ana também se referiu a Jesus como o libertador que todos estavam esperando.

José e Maria , depois de cumprirem os rituais religiosos, voltaram para a Galiléia com Jesus.

Em Lucas 2, 40 fala : Jesus crescia, se fortificava, cheio de sabedoria; e a graça de Deus repousava n’Ele.

Quão bela a maternidade de Maria!

Cheia de sabedoria acompanhava sempre seu Filho Jesus e dava-lhe perfeita educação.

Aos 12 anos, Jesus foi com Maria e José a Jerusalém na festa da Páscoa dos judeus. Na volta eles sentiram a falta de Jesus. Procuraram por Ele na caravana, mas Ele não estava lá.
Então voltaram a Jerusalém para ver se encontravam-no.
Depois de três dias procurando, viram Jesus no templo, ” sentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os”. ( Lc 2, 46 ).

Maria e José ficaram admirados com a cena que viram.

Maria  estava preocupadíssima com a ausência de Jesus, disse-lhe: “Meu filho, que nos fizeste?! Eis que teu pai e eu andávamos à tua procura, cheios de aflição”.

Respondeu-lhes Ele:”Por que me procuráveis? Não sabíeis que devo ocupar-me das coisas de meu Pai ?”( Lc 48-49 )
A Palavra fala que Maria e José não compreenderam o que Jesus queria dizer, mas aceitaram as colocações de Jesus.

O Papa Bento XVI diz: ” De fato, Maria observou primeiro e plenamente a palavra de seu Filho, demonstrando assim  de amá-lo não somente como mãe, mas primeiramente como serva humilde e obediente.”
Jesus então voltou com seus pais para Nazaré.

De novo a palavra diz: ” Sua mãe guardava todas essas coisas no seu coração “.  ( Lc 2, 51 )

Jesus crescia em tamanho, sabedoria e graça diante de Deus e dos homens.

Ó, Maria! Ajuda-nos  a educar  nossos filhos como você educou Jesus:  à luz do Espírito Santo.

Ó  Nossa Senhora Aparecida, roga a teu filho Jesus, por todas as mães que tem seus filhos desaparecidos, para que  consigam encontrá-los, como a senhora  também encontrou seu amado Filho!

Jane Amábile – Comunidade Divino Esp. Santo

Entry filed under: Maria Santíssima. Tags: , .

MARIA SANTÍSSIMA Maria Santíssima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


ADMINISTRADORA DO BLOG:

Jane Amábile

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 319 outros seguidores

Categorias


%d blogueiros gostam disto: